Philips cria iluminação que muda de cor conforme configuração de alerta | Notícias

Philips cria iluminação que muda de cor conforme configuração de alerta | Notícias

A Philips apresenta Hue Beyond, nova iluminação inteligente. Em formato de luminária para mesa e teto, a tecnologia dispõe de duas fontes de luz no mesmo equipamento, uma fixa branca e uma colorida variável, que podem ser controladas pelo usuário a partir do aplicativo oficial para dispositivos com sistemas operacionais iOS e Android. O novo modelo de lâmpada LED, que pode ser exibido na IFA 2014, é similar à inteligente Hue.

Testamos o Philips Hue; kit com lâmpadas inteligentes é pura diversão

Philips lança nova luminária com duas fontes de luz (Foto: Divulgação)Philips lança nova luminária com duas fontes de luz (Foto: Divulgação)

Em geral, o modo de funcionamento da nova luminária inteligente é o mesmo da Philips Hue. Com a luz colorida embutida, é permitido programar diversos tipos de alertas por meio de regras pré-definidas no software ou usando serviços como o IFTTT. As luzes poderão piscar em uma certa cor, por exemplo, sempre que um novo e-mail chega à caixa de entrada do usuário.

Como funcionam as casas do futuro controladas por iPads? Comente no Fórum do TechTudo.

Como as luzes são independentes – a branca fica mais abaixo e a colorida fica mais acima –, elas podem ser controladas separadamente pelo usuário, criando inúmeras combinações diferentes. No entanto, não há como trocar as lâmpadas da Hue Beyond, embora a Philips garanta a duração de até 15 anos de uso contínuo.

Hue Beyond tem modelos de mesa e de teto (Foto: Divulgação)Hue Beyond tem modelos de mesa e de teto (Foto: Divulgação)

A empresa cobra caro por essas vantagens. Os modelos serão comercializados por US$ 430 (R$ 960) a R$ 695 (R$ 1.550), sem contar com o hub de conexão à Internet, que será vendido à parte. A Hue Beyond deve chegar à Europa e aos Estados Unidos ainda em setembro, mas sem previsão para desembarque no Brasil. Os valores convertidos para real não incluem impostos.

Via CNET

 

Fonte

Comments

comments

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *