Pelo menos 800 aplicativos de Android enviam dados de usuário sem autorização | Notícias

Pelo menos 800 aplicativos de Android enviam dados de usuário sem autorização | Notícias


Quando o assunto é segurança, não adianta nada argumentar que o Android é uma distribuição do Linux – considerada a plataforma mais segura da atualidade. Um pesquisador dos Estados Unidos fez o favor de rodar testes em nada menos que 10 mil aplicativos criados especialmente para o sistema do Google. O resultado é desanimador: pelo menos 800 deles têm problemas no que diz respeito à privacidade.

Android Market (Foto: Reprodução)Android Market (Foto: Reprodução)


Neil Daswani, da companhia de segurança Dasient, afirma que 8% dos aplicativos analisados por ele enviam dados do dono do aparelho para destinatários não autorizados.

Para piorar a situação, 11 aplicativos foram além. Eles também usam o recurso de envio de SMS indiscriminadamente. São os SMS “premium”, de acordo com o pesquisador, que ajudam a inflar a conta de telefone do usuário.

Em discussão está a segurança que o Google poderia fornecer para o Android. Há quem diga que falta regulação nos apps que entram no Android Market. É justamente o contrário do que acontece com a Apple, visto que cada aplicativo (ou mesmo atualização de aplicativo) passa pelo crivo de avaliadores, que têm o poder de vetar a entrada de algum código malicioso ou problemático.


Além do Android Market, os donos de aparelhos rodando a plataforma móvel do Google podem baixar apps de terceiros. Para tanto, basta ativar essa opção nas configurações do sistema. E aí sim, não há qualquer garantia de que o aplicativo futuramente baixado cumpra os requisitos mínimos de segurança.

O pesquisador Neil Daswani vai apresentar o resultado completo de seu estudo (e dar nome aos bois, espera-se) durante a Black Hat, importante conferência de segurança que acontece no fim do mês. Com sorte, em pouco tempo o Google terá apagado os aplicativos problemáticos do Android Market. É o que a empresa costuma fazer nesses casos.


Via: Digitizor

Fonte

Comments

comments

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *