Apps com novo malware Joker foram baixados mais de 500 mil vezes | Segurança

Apps com novo malware Joker foram baixados mais de 500 mil vezes | Segurança

Pesquisadores de segurança digital da Check Point anunciaram, nesta quinta-feira (9), a descoberta de uma nova variante do malware Joker para Android. Os especialistas estimam que os 11 aplicativos com o código malicioso somaram mais de 500 mil downloads na Google Play Store. Os apps infectados já foram removidos pelo Google. O malware Joker costuma ser usado para realizar fraudes de cobrança em larga escala.

A ameaça é um spyware e discador premium — ou seja, inscreve a vítima em serviços pagos sem que ela saiba. O Google já chegou a banir mais de 1,7 mil aplicativos com o código na Play Store, identificados por especialistas de segurança em outras operações. A empresa disse, na época, que a ameaça foi uma das mais persistentes com as quais lidou nos últimos anos.

Joker: malware tem nova variante e apps foram baixados mais de 500 mil vezes — Foto: Pond5

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O spyware consegue enganar as proteções da Google Play Store se passando por aplicativos de aparência legítima. A ação pode passar despercebida no smartphone do usuário por um bom tempo. Na avaliação dos pesquisadores da Check Point, foi possível observar que o Joker não tenta carregar o payload (carga da transmissão de dados) malicioso, facilitando a passagem do malware nas proteções do Google Play Protect.

Segundo o pesquisador de dispositivos e aplicativos móveis da Check Point que identificou a nova variante do malware, Aviran Hazum, o método descoberto esconde o código malicioso dentro de um arquivo chamado “Android Manifest” de um app legítimo. “O arquivo de manifesto fornece informações essenciais sobre um aplicativo — como nome, ícone e permissões para o sistema Android — que o sistema deve ter para poder executar qualquer código do aplicativo”, diz o especialista.

Sendo assim, Hazun explica: “o malware não precisa acessar um servidor C&C (Command & Control), que é um computador controlado por um cibercriminoso usado para enviar comandos a sistemas comprometidos por malware, para baixar o payload que é a parte do malware que executa a ação maliciosa”.

O Joker é um malware silencioso e isso pode dificultar a sua identificação. Por isso, é importante manter um antivírus instalado no celular. Os aplicativos infectados já foram removidos da Play Store, mas os especialistas alertam para a possibilidade de o malware se adaptar e surgir novamente.

É importante evitar a instalação de aplicativos de origem duvidosa no celular, além de verificar as faturas do celular e do cartão de crédito, para conferir se existe alguma inscrição ou assinatura indevida em seu nome.

Como remover vírus em um celular Android

Como remover vírus em um celular Android

Fonte

Comments

comments

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *