Ubuntu Edge: smartphone da Canonical é top, mas nem saiu do papel | Notícias

Ubuntu Edge: smartphone da Canonical é top, mas nem saiu do papel | Notícias


O Ubuntu Edge, primeiro smartphone da Canonical, foi revelado nesta segunda-feira (22) em um vídeo oficial de seis minutos, apresentado pelo fundador da empresa, Mark Shuttleworth.

O telefone segue o formato tradicional dos smartphones com tela touchscreen, mas, de acordo com Mark, será capaz de operar como um computador comum – graças ao seu poderosíssimo hardware.

Ideia da Canonical é fazer do smartphone um verdadeiro PC de bolso (Foto: Divulgação)Ideia da Canonical é fazer do smartphone um verdadeiro PC de bolso (Foto: Divulgação)


O aparelho foi descrito como um dispositivo de 4,5 polegadas (resolução de 1280 x 720), com chassi feito de uma única peça metálica e tela revestida de safira, que, segundo Mark, só pode ser arranhada por diamantes.


Por dentro, o Ubuntu Edge terá um processador multi-core com pelo menos 4 GB de memória RAM e 128 GB de espaço interno para armazenar dados. Além disso, terá duas antenas 4G para melhorar a conectividade do aparelho, câmeras de 8 e 2 megapixels, e a opção de construir um aparelho com baterias que usam silício como ânodo – algo que deve contribuir para sua vida útil e autonomia.

Ubuntu Phone tem alguma chance? Acompanhe e tire suas conclusões


Nas funcionalidades, a Canonical prevê que o Edge, quando acoplado a um dock, atue como um PC normal, com a interface do Ubuntu para computadores. Por outro lado, o Ubuntu Edge terá a habilidade de fazer dual-boot, alternando entre o Ubuntu e o Android. E se a falta de aplicativos preocupa, a empresa já resolveu: dentro do ambiente do Ubuntu será possível rodar aplicativos do Android.


A grande questão em torno do ambicioso projeto da Canonical é a quantia de dinheiro que ele demanda para sair da imaginação e ganhar a realidade. Ao todo, serão necessários 32 milhões de dólares para tirar o projeto do papel e realizar o ciclo de desenvolvimento do Edge.


Aos interessados, vale a pena correr: quem contribuir nas primeiras 24 horas da campanha, já disponível, poderá conseguir seu smartphone com Ubuntu a um preço inferior ao custo de fabricação, estimado na casa dos US$ 600 (R$ 1.340 aproximadamente). Além disso, de acordo com Mark no vídeo de apresentação, o Edge deverá ser um modelo exclusivo: só os participantes do financiamento terão um. Se a campanha for bem sucedida, o smartphone deverá estar nas mãos dos apoiadores em maio de 2014.

https://www.youtube.com/watch?v=hig


Via Engadget

Fonte

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *