Testamos o Ascend Mate, foblet da Huawei de 6,1 polegadas | Artigos

Testamos o Ascend Mate, foblet da Huawei de 6,1 polegadas | Artigos


A Huawei aproveitou a CES 2013 (Consumer Electronics Show) em Las Vegas, EUA, para apresentar seu Ascend Mate. Com impressionantes 6,1 polegadas de tela HD IPS+, o celular gigante atraiu a atenção de todos durante a coletiva de imprensa do dia 7. Agora, com a feira acontecendo a todo vapor, é possível pegar o aparelho nas mãos e testar um pouco da performance do nada ‘pequeno notável’.

Huawei Ascend Mate (Foto: Léo Torres / TechTudo)Huawei Ascend Mate, com sua tela HD de 6,1 polegadas: tamanho importa? (Foto: Léo Torres / TechTudo)


A tela HD realmente impressiona por sua qualidade e ótimo contraste de cores, e certamente conquistará todos os que gostariam de estar a um passo de um tablet. Apesar disso, em uma feira onde a concorrência começa a falar e mostrar telefones com telas FullHD, parece que a fabricante chinesa ainda não entendeu que não se trata apenas de tamanho.

Huawei Ascend Mate (Foto: Léo Torres / TechTudo)Com Android 4.1 de fábrica, o Ascend Mate ganha pontos positivos (Foto: Léo Torres / TechTudo)


A resposta de toque é excelente e o processador de 1.4 GHz com quatro núcleos faz bonito. O sistema Andoid Jelly Bean, que já vem instalado de fábrica estava com boa fluidez, sem travadas ou demoras nas respostas. Todos os testes, em reprodução de vídeos, aplicativos, navegação ou jogos, se mostraram suficientemente eficazes.

Huawei Ascend Mate (Foto: Léo Torres / TechTudo)De lado, o Ascend Mate não é tão espesso (Foto: Léo Torres / TechTudo)
Huawei Ascend Mate (Foto: Léo Torres / TechTudo)A tela HD ocupa praticamente toda a frente deste

Huawei (Foto: Léo Torres / TechTudo)


Por outro lado, em um dos aparelhos que testamos o sistema funcionava estranhamente, até que percebemos que os três botões principais tinham desaparecido da tela. Se era protótipo ou se isso era um problema isolado nos aparelhos utilizados durante o evento, é impossível saber. De qualquer forma, no Brasil, quando estiveram na Futurecom, caso semelhante havia acontecido com os telefones colocados à prova.

Foblet: essa moda pega? Dê a sua opinião no Fórum do TechTudo!


A bateria de 4.050 mAh é a maior que já vimos no mercado, para um telefone (o Galaxy Note 2 tem 3.100 mAh), mas é impossível saber se ela resistirá tanto tempo longe da tomada. Sem 4G, é possível que este modelo dure até dois dias – mas isso é só um palpite.


Na câmera, nada tão surpreendente. Um sensor de 8 megapixels com autofoco e HDR atrás, para fotos, e outro de 1 megapixel para videochamadas na frente. São bons modelos, mas não se equiparam aos concorrentes.

Câmera do Huawei Ascend Mate (Foto: Léo Torres / TechTudo)Câmera do Huawei Ascend Mate, com 8 megapixels e HDR (Foto: Léo Torres / TechTudo)


Concorrendo ou não com o Galaxy Note 2, resta saber se a Huawei conseguirá se encaixar no mercado com o maior telefone ou o menor tablet lançado até hoje.


Para você, leitor, a fabricante chinesa tem chance no mercado brasileiro com este modelo? Dê a sua opinião nos comentários.


* Colaborou Allan Melo.

Fonte

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *