Google e Apple gastaram mais com patentes que criando novos produtos | Notícias

Google e Apple gastaram mais com patentes que criando novos produtos | Notícias


A guerra de patentes entre empresas de tecnologia já não é mais novidade, mas parece que seus custos, agora, começam a prejudicar o desenvolvimento de novos produtos. Segundo apuração do jornal The New York Times, Google e Apple, por exemplo, gastaram mais dinheiro com registro de patentes do que na criação e pesquisa de novos gadgets, nos últimos anos.

Cada vez mais tecnologias são registradas pela Apple e outras empresas (Foto: Reprodução)Cada vez mais tecnologias são registradas pela

Apple e outras empresas (Foto: Reprodução)


De acordo com o estudo do NYT, que classifica as patentes como “espadas em uma guerra”, o atual panorama, onde cada vez mais registros de tecnologias são feitos por todas as empresas da área, começou com a Apple. Um ex-executivo da empresa foi entrevistado pelo jornal e explicou que, na época do lançamento do iPhone, o fundador da companhia avisou: “Vamos patentear tudo”.


A partir de então, diversos funcionários da companhia foram estimulados a criarem novas tecnologias e sugerirem como possíveis patentes a serem registradas pela empresa, o que acabou gerando um dado interessante: o número de patentes registradas pela Apple aumentou quase 10 vezes nos últimos anos. “Se não pudermos proteger nossa propriedade intelectual, de nada vale lançar um aparelho inovador como o iPhone. O conceito parece óbvio agora, mas só descobrimos isso depois de gastarmos muitos milhões. As outras empresas não devem poder roubar nossas ideias e nem nos pagar por isso. É para isso que existem as patentes”, comentou o ex-executivo da Apple, que não se identificou, em entrevista ao NY Times.


Curiosamente, boa parte das patentes sequer vira realidade. Muitas são recusadas e outras, mesmo aceitas, ficam para sempre apenas no papel. O expert Tim O’Reilly acredita que este é um caminho perigoso para o qual o mundo da tecnologia está rumando. “A patente gera um monopólio autorizado pelo governo e temos que tomar muito cuidado com isso”, comentou. Recentemente, por exemplo, a Samsung teve que pagar US$ 1 bilhão (R$ 2 bilhões) em indenizações a Apple por conta de violações de patentes. Ou seja: além da corrida para registrar novas tecnologias, cada vez mais existem processos por quebras de propriedade intelectual.


Via 9To5Mac

Fonte

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *