Facelock do Android será capaz de reconhecer você até fazendo careta | Notícias

Facelock do Android será capaz de reconhecer você até fazendo careta | Notícias


Senhas numéricas e gestuais para desbloquear um smartphone Android? Em breve, isso pode se tornar uma tecnologia do passado. O Google registrou uma patente de facelock ou seja, o desbloqueio da tela com reconhecimento de rosto, que vai conseguir identificar o usuário até se ele estiver fazendo careta.

Patente revela possível novo facelock do Android (Foto: Reprodução Daily Mail)Patente revela possível novo facelock do Android (Foto: Reprodução Daily Mail)


A primeira versão do Face Unlock do Google foi lançada em 2011 como parte do Android 4.0 e funcionava da maneira mais simples possível: comparando o rosto do usuário com uma foto pré-estabelecida. Depois, em julho de 2012, adicionou-se a opção de colocar uma ação, como dar uma piscada, para provar que o usuário está mesmo ali.


Entretanto, de acordo com a nova patente, o próximo sistema nestes moldes deve ser ainda mais exigente. Para desbloquear o Android, o usuário terá que fazer uma expressão facial configurada previamente. Por exemplo: uma careta ou então uma cara de assustado ou até um sorriso.


“O aparelho poderá detectar gestos faciais associados a diversos tipos de gestos, como movimentos com os olhos, com a boca, com o nariz, com a testa, com as sobrancelhas e vários outros”, diz o texto da patente reproduzido pelo jornal Daily Mail.


Duas questões destacadas são o fato de as expressões terem que ser o mais próximo possível das fotos originais e a tecnologia que perceberá detalhes como a posição dos olhos e os movimentos para garantir que é mesmo o dono do celular que está tentando desbloqueá-lo. O recurso gravará luz e pixels relativos à face e às características do rosto. No caso de uma piscada, por exemplo, ele percebe a luz do olho e monitora se ela mudar, sugerindo que o olho se fechou.

Como mover apps para o cartão microSD no Android? Ajude usuário no Fórum do TechTudo!


Apesar da divulgação do pedido do Google, a patente ainda aguarda aprovação dos órgãos responsáveis nos Estados Unidos. Enquanto isso, a companhia prefere não comentar sobre os planos sobre o futuro da tecnologia.


Via Daily Mail

Fonte

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *