Corte drástico no HTC First, com Facebook Home, faz preço cair para R$ 2 | Notícias

Corte drástico no HTC First, com Facebook Home, faz preço cair para R$ 2 | Notícias


Quando anunciou o Facebook Home, Mark Zuckerberg explicou que não achava interessante a ideia de lançar um smartphone próprio, pelo fato de limitar a experiência a apenas um aparelho. Mesmo assim, a HTC lançou o HTC First, o primeiro celular que viria com o launcher personalizado do Facebook. Um mês depois, porém, parece que Zuckerberg estava certo: o First está próximo de ser um fiasco.

'Facebook Phone' está sendo vendido por cerca de R$ 2 (Foto: Divulgação)‘Facebook Phone’ está sendo vendido por cerca

de R$ 2 (Foto: Divulgação)


Lançado a US$ 99 (cerca de R$ 200) atrelado a um plano de dois anos pela operadora AT&T, nos EUA, o aparelho passou por um corte drástico de preço e está sendo vendido, com o mesmo contrato, por somente US$ 0,99 (em torno de R$ 2). No site da companhia, a situação parece ainda mais destacada: o corte do valor em cima do preço do telefone desbloqueado é de US$ 350,99 (cerca de R$ 700).


Esta ação da AT&T, obviamente, levantou dúvidas sobre o HTC First. Ainda não há uma informação precisa sobre número de vendas, mas o site BGR levantou a questão: “Será este o primeiro grande flop do Facebook?”; o TechCrunch também especulou: “Vendas em ritmo lento para o Facebook Phone?”. Os números de download, somente do Home, no Google Play, já dão uma ideia do panorama.

Vale a pena instalar o Facebook Home no Android? Veja a opinião de outros leitores


O launcher personalizado do Facebook ainda não bateu a marca de um milhão de downloads, o que pode ser justificado em parte por sua pouca compatibilidade com aparelhos atuais, mas se pouca gente está baixando o launcher de graça, quem estaria disposto a gastar US$ 99 (R$ 200) ou US$ 350 (R$ 700) em um smartphone cujo grande atrativo é o próprio Home – apesar de ele ter outras especificações razoáveis, como 4G e câmera Full HD?


O site Mashable levanta ainda uma outra questão: colocando-se em perspectiva, não há reduções drásticas assim em aparelhos como iPhone e Samsung Galaxy, ainda mais de um mês para o outro. O iPhone 4S, por exemplo, na mesma AT&T, só depois de lançado o iPhone 5 teve redução de 50% no preço, custando US$ 99 (R$ 200) no tal plano com a fidelidade de dois anos.


Apesar disso, o Facebook não tira o corpo fora e segue apostando no smartphone, com direito a divulgação da promoção da AT&T em sua página oficial na rede social. Como a linha da HTC não vem para o Brasil, o First, também conhecido como “Facebook Phone”, não deve desembarcar no país. Até porque, ao que tudo indica, ele tem muitos problemas para serem resolvidos nos Estados Unidos.


Via Mashable

Fonte

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *