A Motorola tem quatro versões para o Moto G já disponíveis no mercado, além de um modelo 4G que chegará às lojas neste mês de junho. Mas você sabe qual atende melhor às suas necessidades? Apresentamos abaixo as diferenças entre os smartphones, ressaltando o ideal para cada tipo de público.

Veja também: Moto X, Moto G e Moto E recebem atualização para Android 4.4.3

Moto G Single

moto-g-1aMoto G Dual SIM custa R$ 699 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

A versão mais barata do Moto G é a com entrada para único chip. O modelo custa R$ 649 e, se comprado à vista no boleto, o valor cai para R$ 571,12. O custo-benefício é um dos melhores do mercado atualmente, já que é bastante difícil encontrar um aparelho nessa faixa de preço com especificações tão interessantes. Tela de 4,5 polegadas com resolução HD, bateria de 2.070 mAh, a mais recente atualização do Android (KitKat) e um processador quad-core Snapdragon 400 de 1,2 GHz formam um conjunto de características pouco comuns em smartphones de até R$ 700.

Por outro lado, o single-chip pode não ser a opção mais econômica. Ele é apenas R$ 50 mais barato que o modelo dual SIM, que tende a representar um gasto mensal inferior devido à combinação dos planos de diferentes operadoras, e apresenta as mesmas definições de software e hardware. Sendo assim, a versão é recomendável para aqueles cujos contatos têm linhas de uma mesma companhia telefônica, ou ainda para quem praticamente não faz ligações e se comunica essencialmente por internet. Se esse é o seu perfil, não vale pagar mais – mesmo que o valor seja baixo – para ter um chip subutilizado.

Moto G Dual

moto-g-2aMoto G Colors vem com 16 GB de armazenamento (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Custando R$ 699, o Moto G dual SIM possui as mesmas especificações do modelo single. Isso significa que, além das propriedades já mencionadas acima, ele entrega 1 GB de RAM, armazenamento interno de 8 GB, bateria de 2.070 mAh, câmera principal de 5 megapixels mais uma frontal de 1,3 megapixels.

A única diferença, como o nome já indica, é a compatibilidade para dois chips simultâneos. Isso o coloca na contramão da versão anterior: esta é indicada para quem está buscando reduzir a conta telefônica no final do mês, combinando as opções de plano de duas operadoras. O aparelho não apresenta queda de desempenho pela funcionalidade extra, o que significa que os programas rodados no modelo single operam da mesma forma no dual.

Moto G Colors

moto-G-3Moto G Music Edition (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Há duas diferenças entre o Colors e o modelo dual: a mais notável delas é a presença das quatro opções de capas traseiras coloridas – preta, branca, vermelha e amarelo limão -, que fazem justiça ao nome da edição. Essa particularidade já o coloca como indicado aos que gostam de mudar o visual do smartphone constantemente.

A outra é que ele vem equipado com um espaço interno de 16 GB, o dobro das apresentadas anteriormente. Considerando que o aparelho não possui entrada para cartão de memória, isso faz uma diferença e tanto para quem baixa muita música ou joga games.

Há sempre a opção de armazenar os arquivos na nuvem, mas essa não costuma ser a alternativa número um dos consumidores. Se você se encaixa no perfil de usuário que vai usar muitos aplicativos ou games, vale a pena desembolsar mais R$ 100 e comprar o Colors Edition, que custa R$ 799 e também possui entrada para dois chips.

Moto G Music

moto-G-4O Moto G Music Edition

O Moto G Music Edition é para quem adora música e faz questão de ouvir um som de alta qualidade no celular. Isso porque ele acompanha o fone de ouvido sem fio Tracks Air, da fabricante SOL Republic, que opera por Bluetooth.

Ele é um pouco mais caro que os irmãos: R$ 999. Mas se você está se perguntando se a quantia vale a pena, a resposta é sim. Primeiro porque, comprado separadamente, o acessório custa US$ 199 (cerca de R$ 450 pela cotação). Isso representa mais que o dobro da diferença para o Colors, a alternativa mais barata com os mesmos 16 GB de armazenamento interno.

Em segundo lugar, vale destacar que o fone apresenta ótimo desempenho para sua faixa de preço. Ele opera com uma bateria interna com autonomia de até 15 horas de uso constante, o que deve ser suficiente para a maioria das pessoas.

Moto G com 4G

motoG-4GMoto G com 4G chegará ao Brasil por R$ 799 (Foto: Allan Melo/ TechTudo)

A única versão ainda não disponível para venda é o Moto G com 4G. Mas isso vai mudar em breve,pois o dispositivo está para chegar às prateleiras brasileiras neste mês de junho, com preço de R$ 799.

Comprar ou não comprar um Moto G ? Comente no Fórum do TechTudo

Além da melhoria em conexão, o aparelho virá com a tão esperada entrada para cartão microSD de até 32 GB, resolvendo um problema que era o ponto fraco da linha. Ele também terá as opções de tampa traseira branca e preta, e não só preta, como na maioria dos outros modelos.

Os upgrades sem dúvida justificam o preço pouco maior que o single e dual. Para quem está querendo comprar celular e pode esperar alguns dias, vale aguardar sua chegada nas lojas. Os aparelhos com 4G mais baratos no mercado nacional custam, em média, R$ 1 mil, fazendo do Moto G uma alternativa realmente atraente.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *