Com fim do Google Reader, Feedly explode em acessos e Reeder fica de graça | Notícias

Com fim do Google Reader, Feedly explode em acessos e Reeder fica de graça | Notícias


O Google Reader será descontinuado a partir de julho de 2013, e apesar de uma petição online pedir que o leitor de feeds da companhia continue funcionando, muitos usuários já estão migrando para serviços concorrentes. O Feedly, por exemplo, teve uma explosão de três milhões de novos usuários nas últimas semanas, de acordo com informações do site TechCrunch. Já o Reeder se tornou gratuito no iPad e Mac OS.

Google Reader (Foto: Divulgação)Google Reader (Foto: Divulgação)


O Feedly, para aproveitar a explosão de acessos que ganhou ultimamente, foi atualizado para a versão 14. Nesse update, o leitor passa a salvar leituras para serem acessadas posteriormente, além de ganhar a função de atualizar pelo toque na tela, correção de bugs no logout e o recurso de favoritar algumas informações.


O programa, disponível para Android, iOS e web, é gratuito em um primeiro momento, mas desenvolvedores podem transformar parte do Feedly em um programa pago, dependendo da demanda dos clientes por mais qualidade no serviço. E com tantos novos clientes, a empresa vê essa possibilidade hoje.


Enquanto isso, o Reeder está adotando outra estratégia: com a chegada de novos usuários, já órfãos do Google Reader, o app se tornou gratuito no dia 1º de abril para iPad e Mac OS. A mudança não era mentira e nem pegadinha, além de mostrar que muitas pessoas que utilizam serviços de RSS procuraram em menos de um mês outros serviços para suprir a falta de um grande programa desenvolvido pelo Google.


Via 9to5Mac

Fonte

BpnGQtDrqJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *